WhatsApp_Image_2021-07-12_at_21.24.09-removebg-preview-300x235

Tumulto em cruzada de avivamento resulta em 29 mortes na Libéria


Um evento organizado por uma igreja pentecostal na Libéria foi interrompido por uma gangue, que foi ao local roubar as ofertas feitas pelos fiéis. Ao todo, 29 pessoas morreram pisoteadas no tumulto, incluindo 11 crianças.

O evento ao ar livre, realizado na última quarta-feira, 19 de janeiro, em Monrovia, capital da Libéria, atraiu centenas de pessoas. A programação durou toda a noite, e no momento que a coleta das ofertas foi finalizada, a gangue agiu, resultando num enorme tumulto e debandada.

“Os médicos disseram que 29 pessoas morreram e algumas estão na lista [de pacientes em estado] crítico”, disse o vice-ministro da Informação, Jalawah Tonpo, à uma emissora de rádio estatal na quinta-feira.

“Este é um dia triste para o país”, acrescentou Tonpo, enquanto visitava o hospital, de acordo com informações do portal The Christian Post.

Policiais que atenderam a ocorrência relataram à imprensa que a debandada ocorreu depois que uma gangue de rua entrou na área da cruzada de avivamento. O evento havia sido organizado por um conhecido líder neopentecostal chamado apóstolo Abraham Kromah, um apresentador de rádio que pastoreia uma igreja chamada World of Life Outreach International.

Abraham Kromah se tornou conhecido por atrair seguidores que creem que ele tem capacidade de curar doentes com suas orações. Um fiel chamado Exodus Morias, que participava do evento, afirmou que muitas pessoas se desesperaram com a ação da gangue, e uma correria se iniciou.

“Vimos um grupo de homens com cutelos e outras armas vindo em direção à multidão. Durante a corrida, algumas pessoas caíram e outras caíram no chão e [os demais] passaram por cima delas”, resumiu.

A violência das gangues não é incomum nas ruas da Libéria. Essas gangues, conhecidas como Zogos, costumam cometer roubos à mão armada e se valem de armas brancas e armas de fogo de pequeno porte

O porta-voz da polícia nacional, Moses Carter, disse que o número de mortos pode aumentar, já que 29 é uma contagem inicial. Muitos presentes estavam em estado crítico e 11 crianças foram contadas entre os que morreram.

Carter disse o apóstolo Kromah foi interrogado para ajudar na investigação, e acrescentou que os corpos dos fiéis pisoteados foram levados para o Hospital Redemption. Um período de luto de três dias foi declarado nacionalmente pelo presidente George Weah, de acordo com seu gabinete.

A Cruz Vermelha da Libéria e a Agência de Gestão de Desastres foram chamadas para ajudar as vítimas da tragédia, incluindo assistência aos familiares das vítimas fatais.

Esta não é a primeira vez que uma debandada resultou na perda de vidas na Libéria. A agência de informações Associated Press relata que um tumulto durante um evento semelhante em novembro de 2021 resultou na morte de duas crianças, enquanto várias outras foram hospitalizadas com ferimentos.





Gospel Mais Notícias

ADDRESS

908 New Hampshire Avenue #100, Washington, DC 20037, United States

PHONES

Phone: +1 916-8745-2235
Mobile: +1 916-875-22345
Fax: +1 916-8745-22357

E-MAIL ADRESS

email@email.com