WhatsApp_Image_2021-07-12_at_21.24.09-removebg-preview-300x235

Russos fizeram vala comum para vítimas da invasão em frente a igreja


As imagens de corpos espalhados pela cidade ucraniana de Bucha, situada a 60 quilômetros de Kiev, capital do país, chocaram o mundo nos últimos dias. Os registros vieram à tona após a retirada de tropas russas da região, com o presidente Vladimir Putin sendo agora acusado de genocídio.

A Rússia nega a acusação de genocídio. O Kremlin alegou que os ucranianos teriam assassinado o próprio povo para culpar os russos, ou mesmo que teriam forjado as cenas. Segundo a imprensa internacional, foi descoberta até uma vala comum onde dezenas de corpos foram enterrados, em frente a uma igreja.

O aterro onde os cadáveres foram depositados pôde ser visto por imagens de satélite, onde uma igreja aparece ao fundo, constituindo um dos indícios de que os russos, de fato, cometeram um genocídio de civis na Ucrânia.

Imagens do satélite da Maxar Technologies mostram vala comum em frente à igreja na Ucrânia. Foto: reprodução/Observador

 

O teólogo e analista político Lawrence Maximo comentou o genocídio na Ucrânia, chegando a dizer que o presidente russo Vladimir Putin estaria possuído por espíritos de genocidas, figurativamente falando.

“O tirano do século 21, Vladimir Putin, incorporado pelos demônios de Stalin e Hitler, defecou em todos os tratados, convenções e acordos de paz pós-Segunda Guerra Mundial… cometendo crimes de guerra”, disse ele em artigo publicado no Pleno News.

“Sinto-me devastado com as imagens chocantes dos ‘corpos de civis’ na cidade de Bucha – genocídio realizado pelo Exército russo. Fiquei nauseado, horrorizado, abalado e profundamente revoltado, contra esses ‘crimes de guerra’ orquestrados pelo ditador do Kremlin”, lamentou Maximo.

O analista, por fim, chamou atenção para o fato da Rússia continuar tendo uma cadeira cativa na ONU, como membro dos Conselhos de Segurança e Direitos Humanos, o que vai na contramão das ações criminosas realizadas na Ucrânia.

Para o teólogo, a ONU se torna cúmplice do genocídio ucraniano praticado pelos russos, e com a anuência da China comunista, uma vez que mantém o país entre os membros do Conselho.

“A ONU é uma organização travestida de direitos humanos e mensageira da paz. Evidentemente, uma cooperativa partidária, ideológica, comunista, antissionista, parceira de ditaduras, amante de tiranos, com fins exclusivamente de poderes e financeiros”, conclui Maximo.





Gospel Mais Notícias

ADDRESS

908 New Hampshire Avenue #100, Washington, DC 20037, United States

PHONES

Phone: +1 916-8745-2235
Mobile: +1 916-875-22345
Fax: +1 916-8745-22357

E-MAIL ADRESS

email@email.com