WhatsApp_Image_2021-07-12_at_21.24.09-removebg-preview-300x235

Psicóloga cristã sobre conflito entre Silas e Marçal: ‘Parece megalomania’


A psicóloga cristã Marisa Lobo resolveu se pronunciar acerca do conflito envolvendo o pastor Silas Malafaia e o “coach messiânico” Pablo Marçal. Ambos trocaram farpas publicamente, após o líder da igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo ser acusado de pertencer à Maçonaria e de ter feito, supostamente, mal contra a própria esposa.

Em um longo texto publicado em sua rede social, a psicóloga cristã disse que esse embate “serve de alerta para toda pessoa que realmente deseja seguir o verdadeiro cristianismo e não uma versão falsificada da fé cristã.”

Marisa Lobo disse que é amiga de Malafaia e da sua esposa, Elizete, e que o seu posicionamento é fruto de uma opinião teológica sobre o acontecido. A psicóloga, contudo, também fez comentários de natureza comportamental acerca de Marçal, endossando as críticas de Malafaia contra o coach.

“Infelizmente, algumas pessoas utilizam Jesus e a Bíblia apenas como pano de fundo para uma pregação voltada para a satisfação dos desejos humanos e não de Deus. Ou seja, não passa de um ensino positivista travestido de fé, sem o menor compromisso com a ‘sã doutrina’ ensinada pelos evangelhos”, disse Marisa, numa crítica indireta ao coach.

A psicóloga cristã lembrou do caso em que Pablo Marçal levou um grupo de 32 pessoas até o Pico dos Marins, em São Paulo, o qual precisou ser resgatado pelo Corpo de Bombeiros devido às condições difíceis da escalada e do risco de vida envolvido.

“Atentem para os sinais!”, disse Marisa, também se referindo indiretamente a Marçal. “A megalomania parece evidente, assim como a frieza (nítida no olhar) falseada pela impressão de autocontrole, malícia e a soberba sustentada por falsa humildade.”

Pedido de perdão

Com a repercussão negativa das suas palavras contra Malafaia, assim como pela reação do pastor, que respondeu Marçal lhe acusando de ser “bandido” e “psicopata”, o coach messiânico resolveu voltar atrás e pedir perdão ao líder assembleiano.

“Até peço, como pedido de aceite deste perdão, para você me desbloquear do WhatsApp. Você não vai ter mais problema comigo, não vai ver sair da minha boca nenhum ataque. Nada da minha vida vai direcionar contra a sua”, afirmou Marçal em uma gravação.

O pastor Malafaia, por sua vez, apresentou desconfiança quanto à sinceridade do pedido de desculpas, argumentando que a mudança de atitude poderia ser uma estratégia para conseguir novos seguidores. “Quem reconhece erro, pede perdão e não justifica”, disse ele.

Por fim, Marisa Lobo concluiu o seu posicionamento declarando apoio a Malafaia. Autora de um livro chamado “Psicopatas da Fé”, ela fez alusão à sua obra associando o título ao coach.

“O Brasil está com você, pois conhece a sua história e os seus frutos para a igreja cristã”, disse a psicóloga cristã sobre Silas. “Ninguém é perfeito, mas o seu legado fala muito mais do que qualquer ‘coach messiânico’ que está muito mais para psicopata da fé do que para um líder chamado por Deus.”





Gospel Mais Notícias

ADDRESS

908 New Hampshire Avenue #100, Washington, DC 20037, United States

PHONES

Phone: +1 916-8745-2235
Mobile: +1 916-875-22345
Fax: +1 916-8745-22357

E-MAIL ADRESS

email@email.com