WhatsApp_Image_2021-07-12_at_21.24.09-removebg-preview-300x235

‘Pecados da carne não são graves’


Em uma declaração feita em resposta a questionamentos sobre os casos de escândalos sexuais envolvendo o clero da Igreja Católica, o papa Francisco afirmou que o sexo fora do casamento não é um pecado tão “grave”.

O líder da Igreja Católica viajava da Grécia de volta para a Itália na última quarta-feira, 08 de dezembro, e realizou a já tradicional audiência com jornalistas, respondendo a perguntas. E uma delas foi sobre a renúncia do arcebispo de Paris, Michel Aupetit, que renunciou na semana passada devido a um relacionamento “ambíguo” com uma mulher.

Francisco, então, reafirmou a doutrina católica sobre pecados veniais e mortais, dizendo que a ira e a soberba são mais graves que a luxúria: “Os pecados da carne não são os mais graves”, disse o papa.

De acordo com informações do History Channel, o papa Francisco afirmou que a conduta do arcebispo o levou a aceitar sua renúncia porque “foi uma falha de sua parte, uma falha contra o sexto mandamento, mas não total”.

“Há um pecado aí, mas não do pior tipo”, reiterou o papa. O sexo mandamento condena o adultério, que é configurado pela prática do sexo fora do casamento. O dogma da Igreja Católica estabelece o celibato para o clero, o que na prática significa a abstinência sexual.

Em seguida, Francisco finalizou dizendo que sua decisão de aceitar a renúncia do arcebispo não foi um julgamento: “Ele foi condenado, mas por quem? Pela opinião pública, pela fofoca … Ele não podia mais liderar. Aceitei a renúncia de Aupetit não no altar da verdade, mas no altar da hipocrisia”, disse, admitindo a preocupação com os danos que os rumores causariam à Igreja Católica.





Gospel Mais Notícias

ADDRESS

908 New Hampshire Avenue #100, Washington, DC 20037, United States

PHONES

Phone: +1 916-8745-2235
Mobile: +1 916-875-22345
Fax: +1 916-8745-22357

E-MAIL ADRESS

email@email.com