WhatsApp_Image_2021-07-12_at_21.24.09-removebg-preview-300x235

Ordem dos Pastores Batistas expulsou Ed René, diz membro da entidade


O pastor Ed René Kivitz teria sido expulso da Ordem dos Pastores Batistas do Brasil Seção São Paulo, após uma recomendação do Conselho de Ética da Entidade.

A informação vem circulando nas redes sociais desde o dia 30 de novembro, quando surgiu a informação de que um parecer do Conselho de Ética teria recomendado a expulsão de Kivitz do quadro de filiados da OPBB-SP.

“A Ordem dos Pastores Batistas de SP acaba de expulsar o pastor Ed René Kivitz. Um recado claro para nós que estamos dentro da convenção. Minha solidariedade ao pastor Ed e toda a comunidade IBAB”, escreveu o pastor Alex Azevedo em sua conta no Twitter.

Kivitz está no centro de uma polêmica no meio evangélico, e em especial entre pastores batistas, por afirmar que crê na necessidade de que a Bíblia seja “atualizada” em seu significado.

“Esse é o grande desafio da igreja contemporânea: olhar a Bíblia como um livro insuficiente. Vou repetir: olhar a Bíblia como um livro insuficiente, um livro que precisa ser relido, ressignificado, para que os princípios de vida que esse livro encerra, e que essa revelação encerra, eles saltem dessas páginas promovendo libertação e justiça e relações de amor no nosso mundo”, disse Kivitz em outubro do ano passado.

“A gente precisa atualizar a Bíblia, porque se eu não atualizo a Bíblia e se eu leio literalmente a Bíblia e digo ‘está suficiente a leitura literal da Escritura’ eu legitimo escravidão […] Vamos ter que fazer essa atualização e ter essa coragem de enfrentar os pecados de gênero da nossa sociedade. De enfrentar a questão da homossexualidade, da homoafetividade e dos gays que frequentam as nossas comunidades, estão dentro das nossas comunidades, mas continuam sendo condenados ao inferno por causa de dois ou três textos bíblicos que não foram atualizados”, acrescentou, à época.

O Gospel+ entrou em contato com os pastores Sergio Moreira dos Santos, presidente da OPBB-SP, e Juracy Ribeiro de Souza, diretor executivo, para obter um posicionamento oficial da entidade.

O pastor Souza não respondeu aos contatos telefônicos e de WhatsApp, enquanto que o pastor Santos afirmou, por mensagem, que a OPBB-SP não iria se posicionar publicamente: “Não daremos nenhuma entrevista ou comentários sobre o assunto”.

Santos também confirmou que os demais membros da OPBB-SP foram informados sobre o caso: “há [um comunicado], mas apenas interno. Não temos a praxis de comunicação publica sobre casos que envolvam os pastores filiados”.





Gospel Mais Notícias

ADDRESS

908 New Hampshire Avenue #100, Washington, DC 20037, United States

PHONES

Phone: +1 916-8745-2235
Mobile: +1 916-875-22345
Fax: +1 916-8745-22357

E-MAIL ADRESS

email@email.com