WhatsApp_Image_2021-07-12_at_21.24.09-removebg-preview-300x235

Mal súbito ceifa vida de pastor presbiteriano durante culto


Um mal súbito ceifou a vida de um pastor de 62 anos durante o culto, no último domingo, 03 de abril, na Igreja Presbiteriana de São Carlos (SP). Ele foi atendido por paramédicos, mas não resistiu e faleceu no local.

O pastor Paulo Miguel dos Santos estava visitando a Igreja Presbiteriana de São Carlos para realizar um trabalho social. Ele havia chegado à cidade no mesmo dia, e no horário em que se sentiu mal, estava participando do culto.

Informações no Boletim de Ocorrência (B.O.), o pastor sofreu o mal súbito por volta de 21h00, e caiu inconsciente. Os fiéis acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que prestou socorro no local, realizando procedimentos de reanimação, mas Santos não resistiu.

O filho do pastor usou as redes sociais para informar que seu pai vivia na cidade de São José de Ribamar, no Maranhão, e estava no interior de São Paulo por conta de uma ação social que as igrejas das duas cidades vinham tocando.

Conforme informações do portal G1, o filho declarou não saber se o pai estava fazendo uso de medicação controlada ou se sofria de alguma doença grave:

“Bom dia. Ontem a noite durante um culto na Igreja Presbiteriana central de São Carlos, meu pai, Rev. Paulo Miguel dos Santos, teve um mal súbito durante o culto. Foi atendido por bombeiros, médicos e o Samu, mas não resistiu e veio a falecer. No momento ainda estamos processando o que aconteceu e organizando as coisas. Em breve enviaremos notícias sobre velório e enterro. Desde já agradeço o carinho e compreensão de todos”, publicou o filho nas redes sociais.

No Facebook, a Igreja Presbiteriana de São Carlos informou que o ofício fúnebre será realizado nesta terça-feira, 05 de abril, entre 14h00 e 17h00, no templo localizado na rua Dona Alexandrina, 1468, centro de São Carlos.

Caso semelhante

Em abril de 2020, um caso semelhante foi registrado durante o culto de Domingo de Páscoa, quando um veterano pastor batista desabafava com os fiéis, dizendo que seu desejo era ter morrido ao lado da esposa, que havia falecido dois meses antes.

O reverendo Earl W. “Buddy” Duggins, pastor da Igreja Batista Forest Home (FHBC, na sigla em inglês) na cidade de Kilgore, Texas (EUA), teve um mal súbito ao encerrar seu sermão no culto de celebração da Páscoa.

Na conclusão de seu sermão da Páscoa, o pastor falou sobre a perda de sua esposa e revelou que acreditava que Deus queria que ele usasse seu tempo restante na Terra para pregar o Evangelho: “A resposta chegou ao meu coração”, disse Duggins, depois de dizer à congregação que lutava para entender por que sua esposa havia morrido antes dele.

Deus o respondeu, disse o pastor, após uma oração: “Deixei você aqui para fazer nada mais do que pregar o Evangelho de Jesus Cristo que você está pregando há 55 anos”.

Duggins tinha acabado de pregar o sermão quando ele se sentiu mal. Os fiéis chamaram a ambulância e o veterano sacerdote foi levado para o hospital Christus Good Shepherd às pressas, mas ele não resistiu ao ataque cardíaco.





Gospel Mais Notícias

ADDRESS

908 New Hampshire Avenue #100, Washington, DC 20037, United States

PHONES

Phone: +1 916-8745-2235
Mobile: +1 916-875-22345
Fax: +1 916-8745-22357

E-MAIL ADRESS

email@email.com