WhatsApp_Image_2021-07-12_at_21.24.09-removebg-preview-300x235

Jovens cristãos fazem mais doações do que incrédulos, diz pesquisa


Uma nova pesquisa revela que os jovens cristãos são três vezes mais dispostos do que os não-cristãos a doar dinheiro para instituições de caridade religiosas e não religiosas.

O relatório da pesquisa foi publicado na última quarta-feira, 09 de março, indicando que os entrevistados possuem idades entre 25 e 40 anos, a chamada Geração Y (ou millennials, em inglês).

O levantamento foi feito pela empresa LifeWay Research, que se dedica a abordar temas associados à religião, em parceria com a instituição financeira cristã AdelFi.

O diretor executivo da LifeWay Research, Scott McConnell, explicou que “AdelFi estava interessada em entender quais diferenças existem em como os cristãos mais jovens lidam com seu dinheiro em comparação com os não-cristãos”.

A partir dos resultados do estudo, Scott McConnell concluiu que “os cristãos são muito mais ativos em doar suas finanças e não menos ativos em tentar fazer o bem com seus gastos”.

“É de se esperar que os cristãos doem mais do que os não-cristãos a igrejas e organizações religiosas, mas também é mais provável que doem para 3 de 4 outros tipos de destinatários”, declarou.

O diretor acrescentou que “embora, em geral, a generosidade financeira dos jovens adultos cristãos seja muito perceptível, ainda há um grande grupo que não pratica sua crença na necessidade de doar para uma igreja local”.

A pesquisa indica que “o típico jovem adulto cristão doa mais de três vezes mais do que os não-cristãos ao longo de um ano”. Como o levantamento foi feito nos Estados Unidos, os valores giram em torno de US$ 1.820 contra US$ 556, em média.

De acordo com informações do portal The Christian Post, os jovens adultos cristãos são mais propensos a doar para uma igreja local (37%) do que seus colegas não cristãos (8%), enquanto 28% dos jovens cristãos doam para organizações religiosas, contra 11% dos não-cristãos.

McConnell observou que as disparidades nas taxas de doações de caridade entre jovens cristãos e não cristãos se estendem além das igrejas e organizações religiosas.

Quase metade (47%) dos jovens cristãos entrevistados relataram não doar dinheiro para “indivíduos ou famílias necessitadas”. No lado dos não-cristãos, esse percentual chegou a 62%.

Embora a maioria dos jovens cristãos e não cristãos tenham afirmado não fazer doações para campanhas de arrecadação em plataformas online de vaquinha, a parcela dos que se recusam a doar nesses casos é maior entre adultos não cristãos (80%) do que entre cristãos (73%).

A porcentagem de não-cristãos que não doaram para “caridades não religiosas ou organizações educacionais” (80%) também excedeu a proporção de cristãos (71%) que não contribuíram para tais grupos.

Ao medir o total de doações em geral, os jovens cristãos foram mais propensos (45%) do que os jovens não cristãos (30%) a fazerem doações para qualquer tipo de caridade, religiosa ou não religiosa.

No universo apenas com jovens cristãos, a maioria (59%) disse que tentou comprar de empresas que agem de maneira que honre a Cristo, e outros 56% citaram o dízimo para sua igreja local como um mandamento bíblico que ainda se aplica hoje.





Gospel Mais Notícias

ADDRESS

908 New Hampshire Avenue #100, Washington, DC 20037, United States

PHONES

Phone: +1 916-8745-2235
Mobile: +1 916-875-22345
Fax: +1 916-8745-22357

E-MAIL ADRESS

email@email.com