WhatsApp_Image_2021-07-12_at_21.24.09-removebg-preview-300x235

José de Abreu está sendo processado pelo pastor Silas Malafaia


O ator José de Abreu está sendo processado pelo pastor Silas Malafaia por difamação e injúria, e uma audiência de conciliação foi agendada pela Justiça para o próximo dia 25 de maio.

Abreu atacou Malafaia nas redes sociais ao compartilhar uma matéria do jornal Folha de S. Paulo, que falava sobre o crescimento da igreja liderada pelo pastor, a Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC).

“Grande Canalha”, escreveu o ator em uma de suas publicações. “Mais uma foto que simboliza a igreja de Silas Malafaia. Isso não pode acontecer mais! Um roubo em nome de Deus!”, acrescentou José de Abreu.

De acordo com informações do jornal O Globo, o pastor Silas Malafaia abriu o processo por considerar ter sido vítima de difamação e injúria, e o Ministério Público se manifestou favoravelmente à Justiça pelo recebimento da queixa e a continuidade do processo.

José de Abreu

O ator e militante petista é conhecido por sua postura agressiva nas redes sociais e entrevistas a veículos de imprensa, sempre contra todos que discordem de sua visão de mundo.

Em 2016, quando estava na mira de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) por conta de projetos aprovados pelo então Ministério da Cultura na Lei Rouanet e que não tinham tido a aplicação dos recursos comprovadas.

À época, José de Abreu discutiu publicamente através das redes sociais com o pastor Malafaia, que havia criticado o desaparecimento de R$ 180 milhões que foram concedidos a produtores culturais.

Irritado, o ator afirmou que Malafaia é fascista e que teria “um prazer quase sexual” de enfrentá-lo na Justiça.

Depois, Abreu reagiu intempestivamente quando soube que o requerimento feito pelo deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) convocando-o para depor na CPI havia sido aprovado. Na imprensa, a irritação do ator foi noticiada com ênfase em seu temperamento agressivo:

“Abreu rasgou o verbo nas redes sociais. Disse que não precisaria de convocação para ir à CPI, somente um convite e o envio de uma passagem Paris-Brasília, uma vez que, segundo postou, mora na capital francesa”, informou o jornalista Severino Motta, da coluna Radar Online, no site da Veja.

Como Sóstenes é um apadrinhado político de Malafaia, “Abreu ainda disse que a convocação é uma armação do pastor e que será usada para ‘desmoralizar esse mito de que a Lei Rouanet é uma espécie de bolsa-família para artistas’”.

No entanto, o deputado rebateu o ataque dizendo que a ex-mulher do ator, Camila Mosquella, que propôs o projeto da turnê “Fala, Zé”, também poderia ser convocada.

Esse projeto, iniciado em 2005, teve todos os recursos captados pela Petrobras e onze anos depois ainda estava com a prestação final de contas em aberto: “A CPI tem recursos para fazer uma investigação se necessário até na China, vamos convocá-lo sim! Se necessário tenho convicção que até a Polícia Federal vai buscá-lo, não vamos brincar de CPI”, declarou Sóstenes Cavalcante.





Gospel Mais Notícias

ADDRESS

908 New Hampshire Avenue #100, Washington, DC 20037, United States

PHONES

Phone: +1 916-8745-2235
Mobile: +1 916-875-22345
Fax: +1 916-8745-22357

E-MAIL ADRESS

email@email.com