WhatsApp_Image_2021-07-12_at_21.24.09-removebg-preview-300x235

Filho de Flordelis absolvido da morte do pastor Anderson recebe liberdade


Um filho de Flordelis, Carlos Ubiraci Francisco da Silva, recebeu liberdade condicional da Justiça após ter sido absolvido da acusação de assassinato do pastor Anderson do Carmo.

Carlos Ubiraci, filho de Flordelis afetivo que antes do crime atuava como pastor no Ministério Cidade do Fogo, antigo Ministério Flordelis, foi condenado apenas por associação criminosa armada. Ele já estava preso há 1 ano e 8 meses e foi sentenciado a 2 anos e 2 meses de prisão.

Nos seis meses restantes de sua pena, ele cumprirá liberdade condicional sendo obrigado a cumprir condições impostas pela Vara de Execuções Penais (VEP), como por exemplo, “obter ocupação lícita”.

No estágio de cumprimento da pena que ele se encontra, também pode sair da cidade onde mora sem precisar de autorização do juiz da VEP, de acordo com informações do jornal Extra.

A condicional foi concedida na última quarta-feira, 27 de abril, e em breve Carlos Ubiraci deverá ser solto do presídio Evaristo de Moraes, em São Cristóvão, zona norte do Rio de Janeiro.

Culpada

Em seu depoimento no julgamento do dia 12 de abril, o filho afetivo afirmou que “acredita, sim” que a ex-deputada tenha participação direta na morte do marido.

Os advogados de Carlos Ubiraci trabalharam para inocenta-lo das acusações de tentativa de homicídio duplamente qualificada e homicídio triplamente qualificado com uma estratégia de demonstrar aos sete jurados que ele era submisso à mãe e também dependia financeiramente dela.

As testemunhas relataram que Carlos Ubiraci, enquanto filho e pastor do ministério liderado por Flordelis e Anderson, precisava pedir autorização até para viajar. Em certa ocasião, ele recebeu de presente dos fiéis da congregação em Piratininga, a filial que comandava, uma ida para a Região dos Lagos e teve que pedir permissão ao casal, e não conseguiu.

Audiências

Os outros dois filhos de Flordelis, Adriano dos Santos Rodrigues e André Luiz de Oliveira, tiveram o julgamento marcado para a mesma audiência do dia 12 de abril.

O primeiro era acusado de participação em uma trama para confeccionar uma carta que atrapalhava as investigações do caso, e foi condenado, no mesmo julgamento, a 4 anos, 6 meses e 20 dias pelos crimes de uso de documento falso e associação criminosa armada.

Já o segundo filho de Flordelis responde por tentativa de homicídio duplamente qualificado, homicídio triplamente qualificado e associação criminosa, mas teve sua audiência adiada depois que seu advogado passou mal.

Em novembro do ano passado, Lucas Cezar dos Santos e Flávio dos Santos Rodrigues — filhos adotivo e biológico, respectivamente, da ex-deputada — foram condenados pelo assassinato.

Flordelis, que é apontada como mandante da execução a tiros do marido, duas netas e uma filha, rés no mesmo processo, tiveram o julgamento adiado do dia 9 de maio para 6 de junho, em decisão tomada pela magistrada Nearis dos Santos Carvalho Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, conforme informado pelo Extra.





Gospel Mais Notícias

ADDRESS

908 New Hampshire Avenue #100, Washington, DC 20037, United States

PHONES

Phone: +1 916-8745-2235
Mobile: +1 916-875-22345
Fax: +1 916-8745-22357

E-MAIL ADRESS

email@email.com