WhatsApp_Image_2021-07-12_at_21.24.09-removebg-preview-300x235

Ex-líder geral morre de câncer no esôfago


O ex-superintendente geral da Assembleia de Deus nos EUA, pastor George Oliver Wood, morreu na última quarta-feira, 12 de janeiro, após uma luta de 4 meses e meio contra um câncer no estágio 4.

O pastor Wood recebeu um diagnóstico de câncer em 30 de agosto de 2021, dois dias antes de seu aniversário de 80 anos. Ele passou por uma série de sessões de quimioterapia e tratamentos com drogas experimentais no Siteman Care Center em St. Louis para o câncer no esôfago, que se espalhou para o fígado e as vértebras.

Os tratamentos foram interrompidos após efeitos colaterais desastrosos, de acordo com a agência de informações da Assembleia de Deus nos EUA.

Wood, que foi ordenado ao ministério pastoral em 1967, deixou a liderança da Assembleia de Deus em 2017, após uma década no cargo.

O pastor Wood era filho dos missionários George Roy Wood e Elizabeth Weidman, que se casaram na China em 1932. Após retornarem aos Estados Unidos em 1949, oito anos após o nascimento do filho, a família se mudou diversas vezes para dirigir pequenas igrejas e tocarem o ministério evangelístico.

O pai de Wood, que tinha apenas a 5ª série, incentivou seu filho a frequentar a faculdade, e dessa forma ele se formou e se tornou, posteriormente, doutor em teologia pastoral no Fuller Theological Seminary em Pasadena, Califórnia (EUA), e doutor em juris da Western State University College of Law em Fullerton, também na Califórnia.

O casamento com sua esposa, Jewel, completou 56 anos no último dia 27 de dezembro. O casal teve dois filhos.

Volta para casa

“Eu disse tantas vezes para as enfermeiras e médicos maravilhosos aqui que tenho duas ótimas alternativas”, escreveu o pastor Wood nas redes sociais após 15 dias internado no Barnes Hospital, em St. Louis, em novembro.

“Uma é voltar para casa em Springfield e a outra é voltar para o céu…. Se não estou curado, certamente não é por falta de fé da minha parte ou de todas as pessoas que estão orando por mim”, acrescentou.

Em dezembro último, o veterano líder da Assembleia de Deus nos EUA afirmou que senti paz, apesar de estar fisicamente fraco. Na última semana, ele contraiu pneumonia, sem relação com a covid-19, o que deteriorou ainda mais seu já frágil estado de saúde.

A família se reuniu e esteve com ele em seu leito de morte, informou a AG News.

Doug Clay, que sucedeu Wood na liderança da Assembleia de Deus nos EUA, prestou sua homenagem: “O legado de George O. Wood é ser um homem da Palavra. Ele tinha um intelecto tremendo, mas nunca dependeu disso à custa de ser guiado pelo Espírito”.

Clay lembrou que Wood se tornou um líder pentecostal muito respeitado por cristãos de várias denominações, bem como por líderes da Assembleia de Deus em todo o mundo:

“Ele tinha uma capacidade única de abrir portas para jovens, mulheres e minorias étnicas, proporcionando-lhes um lugar significativo à mesa. Isso tem sido uma força importante por trás do nosso crescimento em cada uma dessas áreas. Sua orientação em minha vida foi inestimável. Cada decisão de liderança que ele tomava era sempre processada pelas Escrituras. Ele tornou meu amor pela Bíblia ainda mais rico. Suas credenciais legais lhe deram uma perspectiva única para abordar questões culturais com clareza bíblica”, concluiu.





Gospel Mais Notícias

ADDRESS

908 New Hampshire Avenue #100, Washington, DC 20037, United States

PHONES

Phone: +1 916-8745-2235
Mobile: +1 916-875-22345
Fax: +1 916-8745-22357

E-MAIL ADRESS

email@email.com