WhatsApp_Image_2021-07-12_at_21.24.09-removebg-preview-300x235

Em ação, policial se comove ao saber de câncer e ora por passageiro


O trabalho policial, quando retratado nos grandes meios de comunicação, costuma sempre estar associado à repressão criminal. Contudo, há casos onde os profissionais de segurança também se destacam pela demonstração de fé e amor ao próximo.

Este foi o caso do policial Jaret Doty, da Patrulha Rodoviária Estadual da Carolina do Sul, nos Estados Unidos. Ele estava em mais um dia comum de trabalho, quando se deparou com o veículo de Ashlye Wilkerson.

Wilkerson estava levando o seu pai, Anthony Geddis, de volta para casa, após uma sessão de quimioterapia, quando ela foi surpreendida com o som da sirene da viatura policial de Jaret.

O agente de segurança havia detectado uma velocidade superior à permitida pela rodovia. Com o veículo de Wilkerson encostado, Jaret perguntou: “Senhora, você sabe a que velocidade estava? Eu vou precisar de sua licença e registro”.

Enquanto o policial verificava dos documentos, Geddis falou: “Esta é minha menina. Ela está me levando para casa de um tratamento de quimioterapia no centro de câncer, em Duke.”

Imediatamente, o policial entrou em modo de reflexão, e não foi por acaso. Jaret já havia enfrentado um câncer de cólon anos atrás e ele havia feito uma promessa a Deus. “Eu disse que se eu pudesse tocar uma pessoa, ou ajudar alguém a superar sua doença, eu o faria”, disse ele à CNN.

“Senhor, você se importa se eu perguntar que tipo de câncer você tem?”, perguntou o policial, e Geddis respondeu: “Não, eu não me importo. Eu tenho câncer de cólon”.

Jaret se viu profundamente tocado, e então perguntou se poderia orar pela vida de Geddis, que prontamente aceitou. Os dois oraram na beira da estrada e a imagem foi registrada por Wilkerson, que a compartilhou nas mídias sociais e rapidamente viralizou.

“Eu só quero que você saiba que você tem outra pessoa orando por você em sua jornada”, disse Jaret para Geddis. Infelizmente, o pai de Wilkerson não resistiu à luta contra o câncer e faleceu dois meses depois.

Para o policial, contudo, a oração feita na beira da estrada serviu como testemunho do amor Deus, algo que impactou muitas vidas.

“Eu não quero nenhum reconhecimento. Eu não fiz nada. Este homem perdeu a vida, e sua filha o está honrando. Eu quero que ela seja capaz de honrá-lo do jeito que ela quer, e não por algo que eu fiz”, disse Jeret.





Gospel Mais Notícias

ADDRESS

908 New Hampshire Avenue #100, Washington, DC 20037, United States

PHONES

Phone: +1 916-8745-2235
Mobile: +1 916-875-22345
Fax: +1 916-8745-22357

E-MAIL ADRESS

email@email.com