WhatsApp_Image_2021-07-12_at_21.24.09-removebg-preview-300x235

Denominação Metodista sofre debandada de congregações


Setenta congregações decidiram abandonar a Igreja Metodista Unida (UMC, na sigla em inglês) devido em parte ao debate em curso na denominação sobre a aceitação à homossexualidade.

As igrejas da Geórgia (EUA) que saíram em bloco representam 9% das congregações da UMC no estado e cerca de 3% dos membros. A formalização da desfiliação será oficializada no dia 30 de junho.

A expectativa é que muitas dessas congregações que abandonaram a Igreja Metodista Unida, se não todas, se unam à recém-criada Igreja Metodista Global, que foi lançada como uma alternativa conservadora na doutrina ao progressismo teológico que assola a denominação histórica.

“Abençoe essas congregações enquanto elas partem”, disse o bispo da Geórgia do Norte Sue Haupert-Johnson. “Oro para que sejamos parceiros no ministério e que Tu faça seu poderoso trabalho de curar a divisão e superar as divisões”, acrescentou.

As 70 igrejas que estão deixando a Conferência da Geórgia do Norte acontecem no momento em que muitas outras congregações nos Estados Unidos estão deixando a UMC devido ao debate em andamento sobre questões LGBT.

Embora o Livro de Disciplina da UMC atualmente rotule a homossexualidade como “incompatível com o ensino cristão” e proíbe a bênção de uniões entre pessoas do mesmo sexo ou a ordenação de homossexuais não celibatários, há uma corrente dentro da denominação que se opõe à postura bíblica sobre o assunto, querendo mudar à força a doutrina.

Em janeiro de 2020, um grupo teologicamente diverso de líderes da UMC concordou em apresentar uma proposta na próxima Conferência Geral que criaria uma nova denominação metodista para aqueles que se opõem à mudança do Livro de Disciplina.

Os conservadores teológicos posteriormente criaram a Igreja Metodista Global, que serviria como a nova denominação assim que a proposta de separação fosse aprovada na Conferência Geral.

Embora a Conferência Geral tenha sido agendada para o final de 2020, a pandemia levou a UMC a adiar a reunião legislativa da igreja várias vezes. Quando a denominação anunciou que havia decidido adiar novamente a reunião para 2024, a ala conservadora decidiu fundar a Igreja Metodista Global seguindo a doutrina bíblica como referência.

“Antecipa-se que algumas igrejas locais teologicamente conservadoras encontrarão conferências anuais dispostas a negociar disposições de saída justas e honestas, enquanto outras, infelizmente, enfrentarão obstáculos colocados em seus caminhos”, informou a Igreja Metodista Global em seu comunicado de fundação, divulgado em março.

“O Conselho de Liderança de Transição decidiu que era hora de lançar a Igreja Metodista Global, para que aqueles que puderem sair mais cedo tenham um lugar para pousar, começar a construir, crescer e abrir espaço para que outros se juntem mais tarde”, acrescentou.

Além das 70 igrejas no norte da Geórgia deixando a UMC, 35 congregações no Arkansas e mais de 100 congregações na Flórida estão passando por processos de discernimento para possivelmente deixar a UMC para se juntar à nova denominação fiel à Bíblia, de acordo com informações do portal The Christian Post.





Gospel Mais Notícias

ADDRESS

908 New Hampshire Avenue #100, Washington, DC 20037, United States

PHONES

Phone: +1 916-8745-2235
Mobile: +1 916-875-22345
Fax: +1 916-8745-22357

E-MAIL ADRESS

email@email.com