WhatsApp_Image_2021-07-12_at_21.24.09-removebg-preview-300x235

Cruzada de Franklin Graham: entidade indenizará organização


Uma instituição de caridade escocesa, que cancelou as reservas feitas por uma igreja local e pela Associação Evangelística Billy Graham (BGEA) para uma cruzada em seu centro de conferências, pediu desculpas por violar a Lei de Igualdade do Reino Unido como parte de um acordo legal.

A Robertson Trust se desculpou com a BGEA e a Igreja Livre de Stirling pelo cancelamento das reservas de 2019 para usar seu centro de conferências em Stirling, Escócia, para eventos religiosos e concordou em pagar a ambas as entidades um total de £ 20 mil (cerca de R$ 150 mil na cotação atual) para custear despesas legais.

Mark Batho, presidente do conselho de curadores da The Robertson Trust, disse em um comunicado que a organização havia “violado a Lei de Igualdade” vigente sem se dar conta.

“A política de financiamento de longa data do Trust afirma legitimamente que não financiamos ou apoiamos a promoção de nenhuma crença religiosa ou política em particular”, introduziu Batho.

“Reconhecemos que, ao aplicar nossa política de financiamento ao aluguel de nossas instalações, que estão disponíveis a taxas substancialmente subsidiadas para instituições de caridade e grupos comunitários, inadvertidamente violamos a Lei da Igualdade 201 0”, acrescentou.

Iain Macaskill, o líder da Igreja Livre de Stirling, organizadora do evento, disse em um comunicado compartilhado pelo Christian Institute, o grupo jurídico que representa as duas organizações, que é “contra a lei anunciar um local como disponível para todos, mas cancelar o contrato simplesmente porque a reserva é para um evento religioso”.

“Os cristãos têm os mesmos direitos legais que todas as outras pessoas e o resultado deste caso confirma isso”, complementou o pastor Macaskill.

Em uma declaração compartilhada pela BGEA, o pastor Franklin Graham disse que a resolução do caso “envia uma mensagem clara” de que “a liberdade religiosa não está morta”.

O Trust’s Barracks Conference Center estava entre vários locais no Reino Unido que cancelaram eventos programados para começar em maio de 2021 com pregações de Franklin Graham, que dirige o BGEA.

Esses locais citaram as pregações contrárias à homossexualidade de Franklin Graham como motivo, já que ativistas LGBT vinham fazendo pressões. Na ocasião, o pastor comentou a situação e lembrou que não pregaria contra pessoas, mas sim, anunciaria o Evangelho:

“Fiquei surpreso… Não vim falar contra ninguém e não cito nenhum grupo de pessoas. Estou vindo para dizer às pessoas como elas podem ter um relacionamento com Deus por meio da fé em Jesus Cristo”.

No mês passado, a BGEA anunciou que a cruzada pelo Reino Unido foi remarcada de 14 de maio a 16 de julho de 2022: “Mesmo em meio a essas circunstâncias sem precedentes, a BGEA permaneceu comprometida com o objetivo de proclamar as Boas Novas de Jesus Cristo. Estamos profundamente gratos pelas milhares de igrejas de várias denominações em todo o Reino Unido que estiveram ao nosso lado e continuaram orando pela turnê”, disse a entidade.

Segundo informações do portal The Christian Post, Graham arrematou: “Queremos que todas as pessoas saibam que Deus as ama e que a vida eterna está disponível para todos”.





Gospel Mais Notícias

ADDRESS

908 New Hampshire Avenue #100, Washington, DC 20037, United States

PHONES

Phone: +1 916-8745-2235
Mobile: +1 916-875-22345
Fax: +1 916-8745-22357

E-MAIL ADRESS

email@email.com