WhatsApp_Image_2021-07-12_at_21.24.09-removebg-preview-300x235

Cantora diz que Farofa da Gkay teve “muita droga e prostituição”


Conhecida como ‘Farofa da GKay’, a festa criada para comemorar o aniversário da influenciadora paraibana Gessica Kayane foi duramente criticada pela cantora Samyra Show, que chegou a participar do evento. Durante uma entrevista ao canal Cortes Cast, ela revelou que no ambiente da produção houve “muita droga, muita prostituição”.

A declaração de Samyra Show chamou atenção, entre outros motivos, pelo fato de figuras que já se apresentaram como evangélicas terem participado do “aniversário”, como o cantor Wesley Safadão.

“Era muita droga, muita prostituição. Muitas coisas que não estão dentro dos meus valores. Ninguém teve coragem de falar, pagou muita página para estar lá para não falar”, revelou Samyra, apontando que houve muito interesse comercial envolvido no convite dos participantes.

Apenas convidados puderam participar da Farofa da Gkay realizada Marina Park Hotel, em Fortaleza (CE), em dezembro passado. Além de Safadão, estiveram presentes figuras como Whindersson Nunes, Viih Tube, Boca Rosa, Matheus Mazzafera, Valesca Popozuda, João Guilherme, Belo e Gracyanne Barbosa.

Segundo Samyra, “as pessoas se desfazendo das outras”, em aparente tom de desprezo. “A pessoa falava no microfone assim: ‘Se tirar foto com fulano e beltrano eu boto pra fora’. Pô, eu pensei: ‘Eeu te conheci tão simples, tão humilde, e hoje, que prepotência’ (…) Ninguém postou porque estavam todos sendo pagos para estarem lá” disse a cantora.

Samyra Show explicou durante a entrevista que, apesar de trabalhar “no mundo” como cantora de forró, cultiva valores pessoais que são incompatíveis com o tipo de ambiente e práticas que ela presenciou na Farofa da Gakey.

Conforme o GospelMais noticiou, a aniversariante Gessica Kayane disse que chegou a convidar 20 homens com quem ela queria praticar sexo nos três dias de festa. O local contou também com uma “dark room”, um quarto escuro para a prática sexual dos convidados.

“Eu leio muito a Bíblia e eu gosto de um versículo que fala que eu posso estar no mundo e não pertencer a ele. Eu posso ser do mundo e cantar forró, mas aquilo ali não é minha praia”, contou Samyra, que ao final deixou um conselho pessoal para Kayane e os demais participantes da farofada promíscua.

“Filha, sai fora, isso é uma mentira, uma vida vazia. É só um dia feliz. Um dia feliz às vezes é muito raro, já dizia Jota Quest. (…) Ser feliz é outra história. Eles têm dias felizes, como eu quando eu ficava bêbada, aí eu estava feliz. Quando eu ia dormir, eu ia chorar. Eles vivem isso hoje. Estão cheios de gente, mas ao mesmo tempo estão só”, concluiu a cantora.





Gospel Mais Notícias

ADDRESS

908 New Hampshire Avenue #100, Washington, DC 20037, United States

PHONES

Phone: +1 916-8745-2235
Mobile: +1 916-875-22345
Fax: +1 916-8745-22357

E-MAIL ADRESS

email@email.com