WhatsApp_Image_2021-07-12_at_21.24.09-removebg-preview-300x235

atentado durante celebração deixa 50 mortos na Nigéria


Homens armados invadiram uma igreja no último domingo, 05 de junho, no sudoeste da Nigéria, abriram fogo e detonaram explosivos enquanto a congregação celebrava o Dia de Pentecostes. Ao menos 50 fiéis foram mortos.

Dentre as vítimas fatais estão mulheres e crianças, e há o temor que alguns dos fiéis presentes à celebração tenham sido sequestrados. Os suspeitos do atentado terrorista são muçulmanos de um grupo de pastores de gado da etnia fulani.

Depois que os atiradores pararam de atirar e as consequências das explosões foram visíveis na Igreja de São Francisco em Owo, estado de Ondo, o cenário era “uma visão sangrenta de cadáveres, velhos e jovens, principalmente mulheres e crianças” em todo o templo.

O jornal nigeriano The Guardian informou que “alguns corpos foram desmembrados com órgãos internos espirrados no chão do templo”, tamanha a intensidade do tiroteio e das bombas.

O reverendo Andrew Abayomi, que liderava a celebração afirmou à imprensa local que pediu às pessoas “que buscassem refúgio dentro da igreja e trancamos as portas”.

“Algumas pessoas ainda tentaram escapar; o ataque durou cerca de 20 minutos”, acrescentou o reverendo Abayomi.

Um médico disse a repórteres que pelo menos 50 corpos foram transferidos para o principal hospital do governo em Owo e para o St. Louis Catholic Hospital. Uma testemunha narrou o choque com o atentado: “Cheguei às lágrimas quando vi um garotinho que costumava cumprimentá-lo na escola todas as manhãs deitado morto, entre muitos outros”.

“O que fizemos de errado? É um crime ir à igreja para servir ao nosso Deus?”, questionou a testemunha, que disse que os atiradores, que se acredita serem pastores fulani extremistas, entraram na igreja de diferentes ângulos, atiraram indiscriminadamente nos fiéis e detonaram o que parecia ser dinamite.

De acordo com informações do portal The Christian Post, outra testemunha declarou que alguns membros da igreja foram sequestrados e seu paradeiro é desconhecido.

O governador do estado de Ondo, Rotimi Akeredolu, usou o Twitter para lamentar o atentado: “Este ataque vil e satânico é um ataque calculado ao povo amante da paz do Reino de Owo, que tem desfrutado de relativa paz ao longo dos anos. Apelo ao nosso povo para manter a calma e deixar que as agências de segurança assumam o comando […] os perpetradores nunca escaparão. Estamos atrás deles. E posso garantir que vamos pegá-los”.

Um comunicado do papa Francisco manifestou condolências às vítimas e seus familiares “Enquanto os detalhes estão sendo esclarecidos, o papa Francisco ora pelas vítimas e pelo país, dolorosamente afetado em um momento de celebração, e os confia ao Senhor para que envie seu Espírito para consolá-los”.

No sudoeste da Nigéria, esses ataques são incomuns, região que vive clima oposto ao do nordeste do país, onde uma verdadeira carnificina vem ocorrendo nos últimos anos.





Gospel Mais Notícias

ADDRESS

908 New Hampshire Avenue #100, Washington, DC 20037, United States

PHONES

Phone: +1 916-8745-2235
Mobile: +1 916-875-22345
Fax: +1 916-8745-22357

E-MAIL ADRESS

email@email.com